O que é e como funciona o Crowdfunding?

Uma nova alternativa que está ganhando cada vez mais espaço no Brasil é o Crowdfunding. O “financiamento pela multidão”, em tradução literal, é um tipo de investimento onde muitas pessoas podem investir pequenas ou grandes quantias de dinheiro (de acordo com o desejo e disponibilidade de cada uma), em negócios de outras pessoas, a fim de ajudar que esse negócio saia do papel e vire realidade.

Qualquer tipo de negócio pode utilizar uma plataforma on line para divulgar o projeto e fazer uma apresentação através de texto ou vídeo. Deve também divulgar o valor necessário para o investimento. Pode ser o valor total do projeto ou a quantia que falta, caso o desenvolvedor do negócio já tenha uma parte do dinheiro que precisa arrecadar.

Se o projeto conseguir captar o valor desejado, os donos da plataforma onde ele foi divulgado repassam a verba aos responsáveis pelo negócio, ficando com uma comissão, que em geral é de 5%. Se a meta de arrecadação desejada não for atingida, o dono da ideia não recebe nada e os investidores recebem de volta o dinheiro aplicado. O valor investido pode ser devolvido em dinheiro, ou em alguns casos, em forma de crédito para investir novamente em outros projetos disponíveis na mesma plataforma.

A ideia desse tipo de financiamento é a possibilidade de ajudar um negócio a sair do papel.

Muitos empreendedores que divulgam sua ideia e buscam esse financiamento colaborativo recompensam seus investidores com brindes, prêmios e até mesmo com participação dentro da empresa, mas isso tudo depende da quantia investida no projeto e do dono do negócio.

Fora do Brasil, esse tipo de financiamento já é bem comum. Aqui no país, o crowdfunding vem ganhando força e está revolucionando o lançamento de Startups. O financiamento coletivo pode ser utilizado não só para a criação ou desenvolvimento de empresas, mas também por escritores que desejam lançar um livro, diretores que querem gravar um filme ou até mesmo cantores que sonham em lançar um disco, dentre tantas outras variedades de negócios projetados por quem tem boa ideia mas não tem dinheiro para executá-la.

Deixe um comentário

Rolar para o topo